AABB Coins educa e diverte educandos de Santa Cruz do Sul

26 julho 2019
Categoria
Notícias
Comentários  0

Durante todo o semestre, foi desenvolvido o projeto “AABB Coins” no Programa de Santa Cruz do Sul (RS), cuja culminância se deu no dia 4 de julho, por meio de uma feira. O projeto visa trabalhar a educação financeira e a disciplina de todos os educandos participantes.

A feira foi um evento especial para os alunos, já que eles vêm, desde o início do ano, juntando suas moedas para gastar na feirinha com diversos produtos entre eles: itens de higiene, vestimenta, guloseimas, materiais escolares e utilitários.

O projeto se desenvolve do seguinte modo: os bons gestos e as boas ações dentro do Programa se revertem em AABB Coins e a indisciplina, em desconto do dinheirinho. Ao longo do ano letivo até o dia da feira foram realizadas com os educandos diversas palestras, workshops e atividades referentes à ação. Nelas, estiveram em evidência a importância de administrar e gastar seu dinheiro com consciência, tanto dentro do AABB Comunidade, quanto em casa.

Estiveram presentes na Feira do AABB Coins a Secretária Municipal de Educação, Jaqueline Marques; o Secretário Municipal de Comunicação e Saúde, Régis de Oliveira Júnior; o Gerente do Banco do Brasil, Isael Kraemer; o Conselheiro Microrregional do CESABB – RS, Mário Kops, além do Presidente da AABB da cidade, Fábio André Schmitt.

Para a realização da feira, a Coordenadora e os Educadores contaram com a ajuda de voluntários.

Lisandra Faccin, Coordenadora do Programa, destaca que a atividade serve como uma ferramenta pedagógica para educar financeiramente e disciplinarmente as crianças. “A gente percebe o quanto que os educandos gostam de participar desse projeto e conseguem entender a importância de ter boas práticas. Eles sabem que isso vai gerar benefícios”, declarou.

Para o Presidente da AABB Santa Cruz do Sul, Fábio, a aplicação da atividade é importante em decorrência de um problema comum no Brasil. “O projeto foi desenvolvido para ensinarmos os educandos a mexerem com o dinheiro, porque hoje, a gente vê, pelas estatísticas, que as famílias brasileiras estão bastante endividadas”, destacou ele.

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Desenvolvido por Craque Comunicação