AABB Comunidade chega aos 30 anos de atuação

AABB Comunidade chega aos 30 anos de atuação

 

“Antes eu era muito tímida, não praticava esportes, não brincava com meus colegas e não tinha muitos amigos. Depois do AABB Comunidade, tudo começou a mudar.” As palavras da estudante Gabriella Marques,15 anos, da cidade de Russas (CE), resume a percepção das crianças e adolescentes participantes do Programa Integração AABB Comunidade, que completa 30 anos nesta terça, 19 de setembro.

A integração com a família e a comunidade, a prática de esportes, linguagens artísticas, atividades lúdicas e aprendizados em consciência ambiental e cidadania promovem o aumento de autoestima e o desenvolvimento global dos educandos de baixa renda, provenientes da rede pública de ensino. Somente nos últimos dez anos, foram atendidos cerca de 592 mil estudantes, de 6 a 18 anos incompletos.

As diversas atividades são oferecidas no contraturno escolar, nas dependências das Associações Atléticas Banco do Brasil (AABB) de norte a sul do país. Entre 2007 e 2017, a iniciativa abrangeu cerca de 470 municípios. O programa é desenvolvido em parceria entre a Fundação Banco do Brasil, a Federação Nacional das Associações Atléticas Banco do Brasil (Fenabb) e instituições locais.

Os depoimentos das crianças e adolescentes expressam a importância da experiência adquirida. “Nesse lugar não há nenhum tipo de diferença, todos são tratados com carinho e a mesma atenção, todos se ajudam no que for preciso. As brincadeiras, a atenção e a coisas novas que me foram apresentadas me encantaram e fui aprendendo valores de vida para me ajudar a enfrentar o mundo lá fora”, afirma Luísa Amorim, 15 anos, de Manhuaçu (MG).

“É um ensino diferente da escola, que pode nos ajudar a ter uma formação no futuro. Quando eu for adulto, quero ser um cidadão responsável por meus atos e acredito que os educadores do programa podem me ajudar nisso”, revela Braiam Marcelino da Rosa, de 13 anos, de Sapiranga (RS).

“Só em pensar o que eu era e o que sou hoje, um cidadão de bem, campeão na vida, fico imensamente agradecido”, resume Erick Gomes, de 17 anos, de Limoeiro (PE).

O programa iniciou as atividades em 19 de setembro de 1987, na cidade de Quixadá (CE). No mesmo ano, foi implementado no mês de outubro em Erechim (RS), dia 24, e Quixeramobim (CE) 31. Em 12 de dezembro, foi a vez de Cristalina (GO).

Para 2017, o trabalho educacional pretende atender aproximadamente 50 mil participantes, em 300 municípios, englobando temas como educação ambiental, saúde e higiene, esporte e linguagens artísticas, possibilitando a construção de conhecimentos e o acesso à cidadania.

Fonte: Fundação Banco do Brasil – FBB

SCN - Edifício Number One - 10º Andar Brasília - DF - CEP: 70.711-900 Telefone: 0800.642.2888
SDS - Edifício Boulevard Center - 3º Andar Brasília - DF - CEP: 70.391-900 Telefone: 0800.726.5661