Fábrica de farinha multimisturada é instalada na AABB

O Projeto Alimentação Sustentável ganhou força e começa a ser testado em dois Programas AABB Comunidade: em Bom Conselho (PE) e Currais Novos (RN). Na cidade do Rio Grande do Norte, o projeto é realizado em parceria com a Prefeitura Municipal. O principal objetivo é produzir a farinha multimisturada para, além de complementar a alimentação da garotada do AABB Comunidade, ajudar as creches do município.

 

Inicialmente, a fábrica deveria atender às famílias dos educandos do AABB Comunidade Currais Novos. Devido ao potencial de crescimento, a Prefeitura Municipal, juntamente com a coordenação do Programa, decidiu ampliar a fabricação e distribuir nas creches da cidade para ser incluída na merenda escolar.

 

O projeto teve início em 2006 quando os educadores Joelmir Soares e Jacira Silva participaram do curso Alimentação Sustentável, em Fortaleza (CE), sobre o aproveitamento da farinha de multimistura na alimentação. Ao retornar à AABB, eles fizeram oficinas com os outros educadores e as mães das crianças e adolescentes do Programa. A partir desse trabalho, foi elaborado um relatório e enviado à Fundação Banco do Brasil, que contribuiu para a Associação ser escolhida e ter a instalação da fábrica de farinha.

 

“A instalação da fábrica no AABB Comunidade é um reconhecimento do bom trabalho desenvolvido ao longo de 11 anos e reflete, diretamente, na elevação da auto-estima das pessoas, à frente das famílias beneficiadas”, garante o coordenador do AABB Comunidade Currais Novos, Frank Martins.

 

Fábrica de farinha multimisturada

 

A farinha de multimistura é um complemento alimentar rico em minerais – principalmente zinco, cobre e magnésio. Contém, também, Vitaminas do complexo A e B. É feita com farelos, cascas de ovos, folhas verde-escuras e sementes. Pode ser adicionada a sopas, arroz, feijão, macarrão, leites e sanduíches. Por dia, recomenda-se o consumo de uma colher de sopa para as crianças e duas colheres de sopa para os adultos. O complemento alimentar serve para aumentar o peso, curar anemias, melhorar problemas respiratórios, prevenir problemas de pele, ajudar na cicatrização e aumentar a produção de leite materno.

 

A farinha produzida servirá para acrescentar nutrientes na alimentação dos educandos e para o fortalecimento das crianças das creches municipais.

 

Curso

 

Os cursos “Alimentação Sustentável”, realizados durante os anos de 2005 e 2006, foram ministrados por Clara Brandão. Ela é consultora técnica e médica-pediatra, nutróloga, pesquisadora e conferencista sobre recuperação nutricional e uso da multimistura.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook

Desenvolvido por Craque Comunicação