Parceria com fonoaudióloga melhora desempenho dos educandos

Ler e interpretar. Esse é o lema dos educadores do AABB Comunidade Porto Alegre (RS) desde abril deste ano, quando teve início o projeto da fonoaudióloga Ana Paula Fadanelli Ramos. A profissional atua no Programa como voluntária e desenvolve um trabalho junto aos educadores. A intenção é auxiliá-los a incentivar os educandos quanto à leitura, oralidade e escrita. Além disso, a profissional oferece atendimentos terapêuticos para as crianças e adolescentes com dificuldade.

Para a fonoaudióloga, a conscientização dos educadores é fundamental para o processo de aprendizagem das crianças e adolescentes, uma vez que eles permanecem boa parte do tempo com os educandos. “A iniciativa tem auxiliado na formação de uma identidade entre a equipe do AABB Comunidade Porto Alegre. É preciso que todos pensem da mesma maneira, para podermos ter resultados com o trabalho desenvolvido”, acrescenta Fernanda Andrade, coordenadora do Programa.

O projeto já apresenta resultados positivos. “O interesse na leitura é visível entre as crianças e adolescentes e, além disso, as ações dentro do Programa visam estimular a linguagem”, conta Fernanda. A mudança de comportamento é um processo mais lento, porém, na opinião dos educadores, a organização e concentração das crianças e adolescentes representam uma grande conquista do trabalho.

As oficinas terapêuticas acontecem uma vez por semana. O projeto conta com a ajuda de estudantes de fonoaudiologia da Ulbra (Universidade Luterana), que realizam a parte prática do trabalho. “A intenção é aprofundar as intervenções para 2007 e ampliar o campo de trabalho, atendendo, também, as famílias”, informa a coordenadora do Programa, Fernanda Andrade.

Para isso, o grupo irá contar com o apoio de outros profissionais, entre eles o sociólogo e especialista em trabalho infantil, Honor Almeida Neto, da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

Deixe uma resposta

Desenvolvido por Craque Comunicação