Workshop Corais reúne educadores e regentes em Brasília (DF)

04.04.2011
Foto_-123.jpgA Fundação Banco do Brasil e a Federação Nacional das AABB realizaram, entre os dias 31 de março e 2 abril, a segunda edição do workshop Vozes do Brasil 2011. O objetivo do projeto foi incentivar a atividade musical dentro do Programa AABB Comunidade por meio da formação de corais, de forma sistematizada, para despertar a musicalidade e a sensibilidade dos educandos.
 
Participaram da abertura do evento, na sede da Fundação Banco do Brasil, o presidente da FENABB, Haroldo do Rosário Vieira; o vice-presidente Socioeducativo e de Comunicação, Geraldo Luiz de Oliveira Silva; o presidente do Instituto Cooperforte, José Rogaciario dos Santos; a coordenadora nacional do Programa, Patrícia Almeida; o gerente de Educação da Fundação, também representando o presidente Jorge Streit, Marcos Fadanelli Ramos; o educador do NTC/PUC-SP, Isaías José, além da maestrina Patrícia Tavares, que coordena o projeto.
 
O evento contou com a participação de 25 coordenadores pedagógicos e 25 regentes, além da coordenadora pedagógica de Brasília, Fátima Lacerda. A expectativa é que, ao final do workshop, sejam formados 25 corais nas AABBs com,  no mínimo, 15 educandos em cada um deles, de modo a envolver um total de 375 jovens com a atividade. Também se espera que cada coral realize, pelo menos, três apresentações em suas respectivas cidades.
 
Na oportunidade, Haroldo Vieira enalteceu a iniciativa e parabenizou os Coordenadores e Regentes das AABBs que tiveram seus projetos selecionados e disse que tem a certeza de ver os frutos deste projeto sendo multiplicados em cada localidade em que o Programa se faz presente. “Feliz do ambiente onde a música é utilizada como ferramenta de educação, transformando vidas”, concluiu. Geraldo Luiz, por sua vez, espera que o trabalho cresça ainda mais. “É muito importante capacitar os educadores para esta nova empreitada, para que eles atuem como multiplicadores”, afirmou.
 
“A apresentação teatral realizada na abertura, por Isaías José, (ator, bonequeiro e arte-educador do NTC-PUC-SP), intitulada “Paulo Freire, o andarilho da utopia”, foi brilhante, tanto pela força do texto, quanto pela interpretação do ator, emocionando educadores, regentes e convidados”, disse Patrícia. A peça procurou traduzir o pensamento de Paulo Freire por meio da linguagem do teatro de bonecos.
  
Sobre o Programa
Fundamentado no Estatuto da Criança e do Adolescente, o AABB Comunidade atende estudantes da rede pública de ensino. As atividades são conduzidas, em horário extra-classe, por educadores das próprias comunidades envolvidas, capacitados pelo Núcleo de Trabalhos Comunitários da PUC-SP. São mais de 3.500 educadores em todo o país. No Programa, os jovens recebem também reforço alimentar.
 
Veja as fotos:
  
  Foto_-042.jpg  Foto_-045.jpg
  
  Foto_-057.jpg  Foto_-066.jpg
  
  Foto_-071.jpg  Foto_-073.jpg
  
  Foto_-090.jpg  Foto_-108_2.jpg
  
  Foto_-113.jpg  Foto_-118.jpg
 
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook

Desenvolvido por Craque Comunicação